COLUNISTAS

Mario Tourinho

Mário Tourinho

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal. Ocupou por três mandatos o cargo de presidente do CRA-PB e de diretor do Conselho Federal de Administração. Também foi diretor institucional do Sintur-JP, de 1993 a 2016. É consultor em Administração e vice-presidente da Academia Paraibana de Ciência da Administração (APCA). Contatos para a coluna: diretorexecutivoaetc@yahoo.com.br.

1 de dezembro de 2020 - 15:02

Print Friendly

Cícero e a responsabilidade de ser o prefeito de todos

Conforme dados do TRE-PB, 522.269 eleitores estavam aptos ao voto, aqui em João Pessoa, neste recentíssimo 29 de novembro. Cícero Lucena obteve 185.055 votos (35,43%), Nilvan Ferreira foi votado por 163.030 eleitores (31,22%) e 174.184 outros habilitados a essa participação eleitoral (33,35%) ficaram nos registros de abstenções, votos nulos ou votos em branco.

Quer dizer: praticamente a cidade manifestou-se em um pouquinho mais que 1/3 (um pouquinho a mais, repito) pró Cícero Lucena; em um pouquinho menos (um pouquinho, menos, também repito) pró Nilvan Ferreira; e exatamente em 1/3 (votos nulos, brancos e abstenções) por nenhum dos candidatos. Mas, pelas regras democráticas prevalecentes, o de maior número de votos (Cícero Lucena) é declarado o eleito e no dia 1º de janeiro de 2021 assume a função de Prefeito de todos os que residem em João Pessoa!

Em outras palavras: o “slogan” de Cícero Lucena, na recente campanha, segundo o qual ele (com seu vice, Léo Bezerra) encontra-se “pronto pra cuidar da gente”, corresponde ao compromisso de atuar de forma a beneficiar todas as pessoas, indiscriminadamente, sejam elas de esquerda, de direita, de centro, de nenhum lado partidário ou ideológico, tenham ou não votado nele, porque, agora, passado o processo eleitoral, só devem importar ações construtivas em favor da qualidade de vida desta cidade de 817.500 habitantes.

A propósito da população pessoense, durante a recente campanha eleitoral Cícero Lucena lembrou, por várias vezes, ser preciso pensar e preparar a cidade para um milhão (1.000.000) de habitantes, que, conforme previsões estatísticas divulgadas pelo IBGE, é o quantitativo estimado para dentro de poucos anos. E esta é uma questão que – imagino – vai ser mesmo bem abraçada por Cícero Lucena em face da qualidade de vida que ele pretende restabelecer para o povo de João Pessoa, especialmente porque ele próprio certa vez me inteirou ter participado de uma palestra no Senado Federal em que renomado urbanista brasileiro afirmara quão dificultoso é proporcionar “qualidade de vida” quando uma cidade ultrapassa os 600 mil habitantes!…

Os desafios são muitos. E a partir deste tempo de transição de governo (em relação à qual o atual prefeito, Luciano Cartaxo, já expressou seu empenho para que ocorra de maneira muito colaborativa e transparente) é esperado que o prefeito eleito, Cícero Lucena, com sua experiência de gestor, e abraçando este fato de que passa a ser, realmente, “o prefeito de todos”, busque contatos até com os que com ele concorreram à Prefeitura (Nilvan Ferreira, Ruy Carneiro, Wallber Virgolino, Raoni Mendes …), porque, certamente, os planos de governo que aqueles disseram ter para João Pessoa devem conter itens que este Governo de 2021/2024 pode e deve aproveitar, pelo bem e para o bem de João Pessoa!

Mário Tourinho


Página 1 de 17912345...102030...Última »