TURISMO

BARRA DE GRAMAME

A Praia da Barra de Gramame está localizado no município de João Pessoa, no estado da Paraíba, Brasil.

Resume-se à área arenosa criada pela deposição dos sedimentos trazidos pelo rio Gramame. Essa área é uma formação geológica chamada de barra, daí o nome da praia.

“Última praia de João Pessoa, é uma praia com mar de águas calmas e recifes. Possui areia clara e fofa, está localizada na foz do rio Gramame, que, antes de se encontrar com o mar, forma uma pequena ilha com choupanas em plena parte de água doce. O encontro do rio com o mar forma um cenário de grande beleza natural.”

Última praia de João Pessoa, com mar de águas calmas e arrecifes. Possui areia clara e fofa, está localizada na foz do rio Gramame, que, antes de se encontrar com o mar, forma uma pequena ilha com choupanas em plena parte de água doce. O encontro do rio com o mar forma um cenário de grande beleza natural.

Onde fica: A praia fica ao sul de João Pessoa, cerca de 30 quilômetros depois da Ponta do Seixas (extremo oriental das Américas)

Como é o vento: Maral e constante
Na praia de Barra do Gramame, há o encontro do rio Gramame com o mar, que forma uma barra que muda de posição em função das marés e da época do ano. Rodeada de coqueiros e falésias, a praia é ótima para caminhadas e para velejar.

Mar: Com ondas na saída do rio, mas formam lagoas dentro do rio com águas lisas e águas quentes (28 ºC).

Não possui Hotéis e Restaurantes, e sim somente alguns barzinhos rústicos.

A Barra de Gramame está a uns 10 minutos de Cabo Branco, possuindo uma lagoa separada do mar por longo trecho de areia fina, terminando na desembocadura do canal. Não deixe de visitar o povoado de Gramame e ver os trabalhos manuais dos nativos nas famosas garrafinhas coloridas feitas de argilas multicoloridas retiradas das falésias. Um visual gratificante lhe aguarda no gramame.

Faz divisa com João Pessoa delimitando os municípios pelo rio Gramame. Tem comunidade pesqueira, paredões de rocha e águas calmas cor verde-esmeralda.

O trecho sul combina uma parte marítima e outra fluvial, com águas calmas, trecho com falésias e barracas. A área norte é uma pequena faixa de areia entre o rio e o mar. Acesso pela estrada asfaltada que também leva à praia do Sol, sem sinalização.

Barra de Gramame é um lugar paradisíaco com altas falésias e a foz do rio Gramame que cerca uma ilha fluvial, oferecendo um belo e harmônico espetáculo para os olhos de quem o visita.

A Barra do Gramame é cheia de casas de veraneio. Lá também tem uma colônia de pescadores e o mar é adequado para banho.

O trecho final do acesso a Gramame é feito por ruas íngremes e não asfaltadas; aos que vêm dirigindo, recomenda-se atenção redobrada.

Em meados de 2008, os fornecimentos de água encanada e eletricidade eram precários (as bebidas são mantidas geladas com caixa de isopor e gelo industrial).

Gramame oferece tranquilidade, e opções entre banhos de rio e de mar.

Outro atrativo de Gramame são os guaiamuns.

Os guaiamuns são a principal opção do cardápio das barracas; guaiamuns são da mesma família dos caranguejos, com a diferença de que podem ser cevados, ou seja, engordados em cativeiro.
Os guaiamuns de Gramame são mantidos em um criadouro (uma caixa d’água) e escolhidos pelo freguês para serem preparados na hora; os guaiamuns são cozidos apenas com água e sal ou em ensopados mais requintados (por exemplo, com leite de coco); a forma de consumo é similar à dos caranguejos.

O proprietário de uma das barracas de Gramame mantém um guaiamun de estimação. O guaiamun é bem maior que os demais, e teve suas garras aparadas para não machucar as mãos de quem os seguram.

Fonte: Portal Valentina