Valentina e Bairro das Indústrias têm pior isolamento social

11 de maio de 2020 - 22:52

Print Friendly

Valentina e Bairro das Indústrias têm pior isolamento social

Índice de isolamento social recomendado pelas autoridades sanitárias é de 70%. Foto: Dayse Euzébio

Índice de isolamento social recomendado pelas autoridades sanitárias é de 70%. Foto: Dayse Euzébio

A capital paraibana registrou o índice de isolamento social de 48% no feriado do Dia das Mães. O número, calculado a partir do monitoramento inteligente de circulação de pessoas, foi superior à média da Paraíba (44,6%) e do Brasil (47%). Os dados foram anunciados nesta segunda-feira (11), pela Secretaria Municipal de Planejamento. Os bairros de Jardim Veneza, Penha e Castelo Branco, registraram os melhores indicadores, estando acima de 62%. Já o Bairro das Indústrias, Valentina e Rangel apresentaram os piores desempenhos, com até 37%.

O recomendado pelas autoridades sanitárias é de 70%. A secretária de Planejamento de João Pessoa, Daniella Bandeira, explicou que o índice de isolamento social precisaria de dados ainda mais satisfatórios para reduzir a velocidade de contágio da doença. “Apesar de estarmos acima da média brasileira, sabemos que a adesão da população ao isolamento precisaria ser ainda maior. No feriado de Tiradentes, por exemplo, que tem características diferentes do Dia das Mães, alcançamos a média de 58,2%”, afirmou.

No último sábado (9), a administração municipal intensificou medidas com o intuito de ampliar o isolamento social, que passam a valer a partir desta segunda-feira (11). Entre elas está a suspensão de feiras livres e a proibição do acesso às praças do município. Serviços autorizados a fazer a entrega por delivery são obrigados a fornecer itens de segurança aos entregadores como máscaras, luvas e álcool em gel. “É uma luta diária para salvar vidas. A Prefeitura segue ampliando a rede de saúde, com mais de 180 implantados para combater a Covid-19. Mas vamos precisar do apoio da população para reduzir a velocidade de contágio do vírus”, ponderou Daniella.

Blog do Anderson Soares